Solonei ressurge e abocanha o título de campeão da Maratona de São Paulo

“Expo do Atleta Maratona de São Paulo” está marcada com kit, exposição e palestras
21/03/2018
Corredores trocam número na Maratona de São Paulo e tiram liderança de corredora
11/04/2018

Solonei aora é bicampeão em São Paulo - Divulgação

Sensacional o ressurgimento do corredor Solonei Silva entre os melhores atletas que disputaram a Maratona Internacional de São Paulo, que aconteceu no domingo, 08. Na verdade, o corredor foi o melhor da prova sagrando-se bicampeão da competição ao finalizar o percurso com o tempo de 2h15min55seg, já que vencera na edição do ano de 2012.

Solonei que no início desta década era apontado como um dos melhores matonistas brasileiros, inclusive conquistando o título de campeão da Maratona dos Jogos Pan-Americano de Guadalara, em 2011, estava ‘sumido’ dos grandes eventos de corridas, tanto brasileiro como internacionais.

Um dos fatores do “sumiço” era uma lesão que incomodava o corredor há tempos e que o levou a mesa de operação ano passado. Aliado a isso, parece que algumas mudanças em sua vida fizeram o atleta mostrar que ainda pode dar trabalho aos oponentes. Uma delas é a mudança de equipe. Antes treinado pelo pelo Prof. Cláudio Castilho do Clube Pinheiros, o atleta atualmente defende as cores da Orcampi sendo orientado pelo técnico Ricardo D´Angelo.

Outra mudança que fez o atleta voltar a dedicar-se em 100% às corridas foi a conclusão no final do ano passado da faculdade de Educação Física, podendo assim dedicar mais tempos aos treinamentos e alivando do stress que todo último anista passa para entregas de TCCs.

“Gostei do percurso, mas segue duro e interessante. Sofri porque tive uma cirurgia no ano passado e não consegui treinar como queria. Meu ritmo não foi adequado o tempo todo, mas o que valeu foi colocar o Brasil no topo do pódio”, destacou o bicampeão, apontando uma das melhorias implementadas esse ano no percurso que se tornou mais linear.

No feminino em sua estreia na competição a vitória ficou com Andréia Hessel com a marca de d 2h40min07. “Foi a realização e um sonho. Todo o treinamento valeu a pena. Correndo em casa, pela primeira, e conseguir o topo do pódio é uma coisa incrível”, disse a campeã. “Foi a realização e um sonho. Todo o treinamento valeu a pena. Correndo em casa, pela primeira, e conseguir o topo do pódio é uma coisa incrível”, destacou a vencedora, que havia corrido duas maratonas em Hamburgo e uma no Ibero-Americano, em Buenos Aires, na qual foi a ganhadora.

Resultados

Masculino

1) Solonei da Silva (BRA), 2h15min55seg
2) Wellington Bezerra da Silva (BRA), 2h16min06seg
3) Goodfrey Kosgei (QUE), 2h16min38seg
4) Philip Kiplimo (UGA), 2h16min50seg
5) Paulo Kimutai (QUE), 2h17min18seg

Feminino
1) Andréia Hessel (BRA), 2h40min07seg
2) Shewaye Woldemeskel (ETH), 2h41min37seg
3) Valdilene Silva (BRA), 2h42min38seg
4) Adriana Aparecida da Silva (BRA), 2h42min55seg
5) Carmen Aguilera (PAR), 2h48min03seg

Harry Thomas Jr.
Harry Thomas Jr.
É Publisher do Blog do Harry. É jornalista especializado em corridas de rua desde 1999 quando lançou o site Maratona. Posteriormente esteve à frente dos portais Webrun e Running News. Expert em corridas tem matérias publicadas em todas as revistas de running do Brasil. Já participou de provas que vão dos 5k aos 67km na Argentina, Chile, Estados Unidos, Grécia e Japão. Além do asfalto aprecia Trail Run.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *